Sobre Anéis de Cebola e o Ultimo Dia do Ano

dezembro 31, 2008

 

 

5237fogos

 

Certa vez voltava com minha esposa para casa após uma prova realizada por ela. No caminho revisávamos suas respostas. Num determinado ponto conversamos sobre um textinho inserido na avaliação que relacionava anéis de cebola e as fases da vida. Gostei muito da redação e infelizmente não me recordo do autor, mas resumindo o que me lembro dizia basicamente o seguinte:

·         

         Você já parou para admirar uma cebola hoje? Já se deteve observando a maneira única como seus anéis transparentes se organizam? Círculos concêntricos fechando-se e abrindo-se uns sobre os outros.

        

Assim nossa existência com suas lembranças, amigos, aventuras, desafetos, traumas e alegrias é organizada em nosso coração em fases por nós chamadas de infância, puberdade, adolescência, juventude, maturidade e etc… Ciclos que se expandem e se contraem de maneira semelhante às alianças das cebolas.

        

Entender esse movimento nos capacita a vivenciar de maneira plena cada capítulo da jornada pessoal. Afinal sempre que trago a memória à beleza singular das cebolas, alcanço o entendimento de que nada na vida dura eternamente, abro meu coração para desfrutar tudo aquilo que tenho hoje. Desperto minhas emoções para as conquistas e alegrias do agora. Levantando os olhos para o final do circulo imediato me empenho ainda mais para liberar o melhor que tenho imediatamente.

 

·         

 

Era mais ou menos por ai a idéia central do texto.

 

Hoje sentindo a proximidade do fim-de-ano lembrei dos anéis de cebola. Movido pelo apelo natural da data pratiquei o exercício mental inevitável de avaliar 2008.

 

A conclusão que cheguei é de ter visto a expansão e retração de muitos ciclos nesse ano. Pessoas, lugares e responsabilidades vieram e partiram tão rápido que a sensação é de ter entrado numa cápsula do tempo e vivido vários meses a cada semana. Foram muitos anos em um. Chegar a dezembro e constatar que em todos os desafios vitórias foram alcançadas é assombroso. Tomei algumas decisões que só o tempo vai proporcionar o distanciamento necessário para que muitos entendam. Fases de profundo aprendizado se encerraram para que novos ciclos mais complexos e ricos tivessem inicio. Mas não me preocupo com o que pensam sobre meu caminho. Meu espírito livre caminha segundo a consciência do evangelho. Em harmonia com o Criador.

 

Sendo assim alguns lances de 2008 vão ficar registrados de forma destacada em meu coração.

 

O primeiro sem dúvida é o nascimento da minha segunda filha, Luísa.

Em segundo o milagre operado por Jesus em relação à saúde também dela Luísa.

O terceiro é ter participado da fundação do Ministério Braço Forte do Senhor.

E em quarto lugar o revestimento da unção para o pastorado que eu e minha esposa recebemos.

 

Quatro atos que jamais esquecerei. Quatro batalhas. Quatro vitórias.

 

Com estes triunfos em mente caminho com segurança para 2009, estou pacificado e sereno. Pronto para novos ares e altitudes.

 

No entanto se você não se sente assim fique tranqüilo. Saia da frente do computador por um instante. Vá até a geladeira, admire com respeito uma cebola e construa com ousadia os dias que virão.

 

Feliz Ano Novo.

Anúncios

Uma resposta to “Sobre Anéis de Cebola e o Ultimo Dia do Ano”

  1. Adison Muniz Says:

    hUAHUAhuhAuHAuaUHah xD o final da cebola eu gostei, gostei muito! Eu fico viajando nas coisas que vejo… Então se eu ver a cebola, posso até ter outras ideias sobre ela… hehehehe ^^ flww


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: